Publicado em: sábado, 18/06/2011

Amanda Knox volta ao tribunal

A norte-americana Amanda Knox teve que voltar a comparecer ao tribunal em Perugia, na Itália, neste sábado (18), para o julgamento da apelação de sua condenação por homicídio.

A estudante Amanda Knox foi condenada no ano de 2009 a 26 anos de prisão por ser considerada culpada do assassinato de sua companheira de casa Meredith Kercher, que era de origem britânica e também estava instalada em Perugia para estudar.

O co-réu e ex-namorado Raffaele Sollecito também foi condenado e sentenciado a 25 anos de prisão pelo crime, já que ele também estava na residência no dia do assassinato Mas assim como Amanda, Sollectio alega que houveram irregularidades durante e processo e recorrem da sentença de prisão.

O crime, que aconteceu no ano de 2007, teria sido cometido porque Kercher não quis participar de jogos sexuais e ingestão de bebidas alcoolicas que eram propostos pelos outros dois envolvidos.