Publicado em: quinta-feira, 28/06/2012

Aluna de uma escola de Londrina é flagrada com cocaína em banheiro

Uma estudante de 14 anos foi flagrada com cocaína pelas câmeras de segurança instaladas no banheiro da escola onde ela estuda, na cidade de Londrina, no Paraná. Após o flagrante, o diretor da escola chamou a polícia e a menina foi apreendida pela Patrulha Escolar da Polícia Militar.

O caso aconteceu no Colégio Estadual Ubedulha Correia de Oliveira, no Conjunto Luiz de Sá, em Londrina. As imagens da câmera de segurança mostra que a adolescente esconde uma porção de cocaína no seu telefone celular e oferece para a amiga que a acompanha ao banheiro.

Quando questionada sobre o assunto, a estudante disse aos pais que teria encontrado a droga no chão. Porém, as imagens gravadas pelas câmeras de segurança a contradizem. A menina foi levada para à décima Subdivisão Policial da cidade.

A decisão da direção da escola de instalar câmeras de segurança no colégio acabou gerando uma polêmica entre os pais dos alunos que frequentam a escola e que criticam a atitude da direção da escola.

A câmera que flagrou a adolescente com cocaína no banheiro do colégio filma apenas a área comum, onde estão localizadas as pias, preservando as cabines. Ainda assim, alguns dos pais dos alunos que estudam na escola acreditam que as câmeras instaladas no local podem causar constrangimento aos estudantes. Além disso, eles desconfiam que as imagens do local podem ser mal utilizadas.

No entanto, a direção do colégio informou que a instalação das câmeras foi aprovada em duas reuniões que foram realizadas pelo Conselho Escolar, que é composto não só por funcionários da escola, como também por pais e alunos. Houve apenas um voto que foi contrário a instalação das câmeras.

Em toda a escola, há 36 câmeras espalhadas e a direção decidiu colocá-las também nos banheiros feminino e masculino porque as taxas de vandalismo e violência nestes locais é bastante alta.