Publicado em: terça-feira, 03/03/2015

Alonso fica fora da abertura da temporada da Fórmula 1

Fernando Alonso não irá participar do GP de abertura da temporada 2015 da Fórmula 1, prevista para o dia 15 desse mês. A informação foi divulgada pela McLaren no início dessa semana, confirmando a ausência do piloto na corrida que acontece na Austrália. Isso porque Alonso não foi liberado pelos médicos depois do acidente que sofreu durante a corrida de teste na semana retrasada, na Espanha. O piloto espanhol sofreu um concussão durante o choque do acidente e acabará sendo substituído pelo piloto Kevin Magnussen, o titular da equipe inglesa no último ano. Ele vai formar dupla com o piloto Jenson Button.

De acordo com informações da equipe McLaren, Alonso já passou por uma série de exames, inclusive alguns ainda nessa semana. Entretanto, os médicos que cuidam do piloto já informaram que mesmo que Alonso não esteja apresentando nenhum sintoma ou mesmo problema médico, estando inclusive totalmente saudável no que se refere ao sistema cardiovascular e neurológico, a principal recomendação médica nesse momento é que ele se mantenha afastado das pistas por hora. Os médicos temem que o piloto acabe sofrendo uma nova concussão, se enfrentar outro acidente parecido como esse ocorrido durante os testes.Alonso fica fora da abertura da temporada da Fórmula 1

Um comunicado da equipe McLaren informa que a recomendação é que o piloto evite sofrer uma chance de síndrome do segundo impacto, algo que é até normal quando os esportistas sofrem esse tipo de lesão. A equipe da McLaren informou que Alonso já está se sentindo bem, até mesmo confiante para voltar a correr. O espanhol também teria recomeçado os treinos físicos, pensando na preparação para o Grande Prêmio da Malásia, a segunda etapa do campeonato, previsto para o final de março. O comunicado ainda informa que os médicos apoiam a participação do piloto, se mostrando satisfeitos por Alonso não ter sofrido nenhuma nova lesão.

O GP da Austrália iria marcar o retorno de Alonso à McLaren, depois de ter participado da equipe em 2007. O acidente de Alonso teve muita repercussão, já que o piloto mostrou desorientação depois da batida que sofreu, chegando a acordar pensando que ainda era um competidor pela Ferrari. Ele teria até acordado sem saber bem quem era. Ele passou alguns dias internados, onde foi apresentando bom estágio de recuperação, mas não poderá participar da abertura da F1.