Publicado em: quarta-feira, 11/03/2015

Alonso afirma que fará de tudo para estar no cockpit no GP da Malásia

O piloto espanhol Fernando Alonso garantiu essa semana que irá fazer de tudo o que estiver a seu alcance para conseguir estar presente na segunda etapa do ano da temporada 2015 da Fórmula 1. Essa corrida está prevista para o dia 29 de março, com o GP da Malásia. O piloto acabou fora da prova de abertura da temporada 2015 da Fórmula 1 em decorrência do acidente que sofreu há algumas semanas, em 22 de fevereiro, quando treinava na pré temporada.

Em um comunicado liberado pela McLaren, Alonso afirmou que estava muito desapontado por não poder correr ao lado de Jenson no GP em Melbourne, dividindo os boxes da McLaren-Honda com o colega de equipe, mas que estava seguindo as recomendações dos médicos após o acidente e já teria também retomado o treino de preparação para sua primeira disputa usando o MP4-30. No comunicado, Alonso ainda agradeceu o apoio e os desejos de melhoras que vem recebendo dos fãs e amigos, deixando claro que dará tudo de si para voltar às pistas no cockpit da Malásia.Alonso afirma que fará de tudo para estar no cockpit no GP da Malásia

Alonso usou o comunicado ainda para desejar sorte ao piloto Kevin, que irá substituí-lo nesse final de semana durante o GP da Austrália, afirmando saber que o carro está agora em boas mãos. Kevin Magnussen é o reserva da McLaren esse ano, mas chegou a atuar como titular na temporada passada. Mesmo admitindo que a McLaren não estará totalmente pronta em decorrência dos problemas que vem enfrentando com a nova unidade de potência da Honda, Alonso ainda escreveu no comunicado que está confiante em uma boa melhora, garantindo que estará ajudando o time como pode, mesmo sem correr em Melbourne.

Ele afirmou que estava animado pelo o que pode experimentar dentro do novo carro, mesmo tendo enfrentado algumas dificuldades nos testes. Alonso ainda declarou estar ansioso para avaliar o desempenho dos carros neste final de semana, para conseguir futuramente garantir um melhor desempenho e performance da equipe. A McLaren está lutando contra o tempo para conseguir garantir a resolução das problemas que foram identificados na unidade de potência da Honda. Ela é a única fabricante nessa temporada que está estreando a tecnologia do motor V6 turbo híbrido, deixando somente a McLaren enfrentando os problemas de adaptação.