Publicado em: segunda-feira, 23/02/2015

Alemanha usa cegos para detectar câncer de mama

Na Alemanha, uma pesquisa vem sendo realizada colocando mulheres cegas para detectar câncer de mama. A ideia, que já vem sendo defendida há alguns anos, sugere que as pessoas com deficiência visual são capazes de detectar mais cedo os tumores, em comparação com as mulheres que estão enxergando bem. A ideia é simples e surgiu de um médico alemão, que chegou a conclusão que as mulheres cegas poderiam fazer seu trabalho ainda melhor que ele, por conta da percepção e do tato mais apurados.

O médico explicou que ele conta apenas com três minutos para realizar exames clínicos das mamas das pacientes, mas que isso não é o suficiente para encontrar os nódulos que são pequenos e estão perdidos no tecido mamário. Essa possibilidade seria crucial para detectar a doença o quanto antes. O médico defende que as pessoas que são treinadas para a leitura em braile possuem um tato altamente desenvolvido, por isso as mulheres cegas ou mesmo algum grau de deficiência visual teriam maior qualificação do que qualquer outro para realizar estes exames de mama nos pacientes. Alemanha usa cegos para detectar câncer de mama

Um estudo em andamento ainda não foi publicado, mas indica que mulheres cegas foram capazes de detectar quase um terço a mais de nódulos nos seios do que os próprios profissionais ginecologistas. Os médicos encontram tumores quando eles alcançam entre um e dois centímetros, diferente dos examinadores cegos, que conseguem encontrar nódulos que tem tamanhos muito menores, entre 6 mm e 8 mm, o que significa algo muito real e importante no resultado do tratamento. Esse tempo pode ser o suficiente para o tumor se espalhar por outros órgãos.

As mamografias regulares são oferecidas na Alemanha somente para mulheres que tem mais de 50 anos, sendo que o câncer de mama é a maior causa de morte nas pacientes que tem entre 40 e 55 anos. Um curso vem sendo desenvolvido para treinar mulheres cegas na Alemanha, para se tornarem examinadoras médicas táteis, já totalizando 17 em atuação nas clínicas médicas da Alemanha.