Publicado em: sexta-feira, 28/10/2011

Aldo Rebelo pretende fazer mudanças no Ministério dos Esportes

O novo ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, que tomará posse do cargo na segunda-feira, dia 31 de outubro, afirmou que mudanças serão feitas na equipe do ministério. Ele também afirma que pretende evitar o convênio com ONGs. O deputado federal foi convidado, oficialmente, a assumir o cargo de ministro, nesta quinta-feira, em uma reunião no Palácio da Alvorada.

Aldo Rebelo disse, na Câmara dos Deputados poucas horas após o convite, que este era um desafio para o qual ele está animado. Ele ainda afirmou que o ânimo em meio a esta situação é necessário. Ele disse que seu maior esforço, a princípio, será entender a estrutura, o funcionamento, a dinâmica e as atividades que compõem o ministério que irá assumir.

O futuro ministro já decidiu que não pretende realizar novos convênios com ONGs, mas sim priorizar os convênios de órgãos públicos, como prefeituras e outras instituições. Ele disse que o programa “Segundo Tempo” irá permanecer. A equipe do ministério também sofrerá algumas mudanças.

O Ministério dos Esportes possui muitos integrantes do partido de Rebelo, o PC do B, e ele afirma que é possível que integrantes de outros partidos que não tenham filiação com o dele, mas que sejam competentes e experientes, possam se reunir ao ministério.