Publicado em: quarta-feira, 05/09/2012

Aldemir Calunga, Surfista brasileiro que sofreu acidente em onda gigante acorda do coma

Surfista brasileiro que sofreu acidente em onda gigante acorda do comaAldemir Calunga, o surfista brasileiro que sofreu um acidente após cair de uma onda gigante no México, acordou do coma nesta quarta-feira, 5 de setembro. Ele ficou por três dias em coma induzido depois de sofrer o acidente na praia de Zicatela, que fica em Puerto Escondido no último domingo, 2 de setembro.

Quando estava saindo de uma onda, o brasileiro foi atingido pela própria prancha. No acidente, ele perfurou o rosto e teve uma parada cardiorrespiratória. Ele foi socorrido e teve que ser reanimado antes de ser encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva do hospital Dalinde, que fica na Cidade do México.

Na segunda-feira, 3 de setembro, ele foi sedado e passou por um procedimento cirúrgico para que a areia que tinha entrado em seus pulmões no acidente fosse retirada. Depois de ter o seu quadro estável, ele conseguiu acordar nesta quarta-feira. As informações foram dadas por Petronio Tavares, que é empresário do atleta e que está com ele no hospital mexicano, por meio da rede social Facebook.

O boletim médico que havia sido divulgado na noite de ontem, terça-feira, 4 de setembro, já apontava para uma melhora do brasileiro. O surfista tinha sido submetido a exames que mostravam que sua atividade cerebral estava normal e que nenhum inchaço na cabeça havia sido registrado. Depois que o brasileiro passou pela broncoendoscopia, que limpou os seus pulmões, teve suas chances de morte reduzidas de 60% para 15%, de acordo com o seu empresário.