Publicado em: quarta-feira, 14/03/2012

Akira Yoshizawa recebe homenagem do Google em seu 101° aniversário

Akira YoshizawaEm seu doodle desta quarta-feira (14) o Google homenageia Akira Yoshizawa, considerado um dos maiores mestres do origami. A modificação no logotipo do site é comum em datas comemorativas como feriados e aniversários de personalidades. Desta vez, a arte da página inicial traz um origami, enfeitado com borboletas também feitas em dobraduras, compondo as letras do nome Google. Yoshizawa nasceu em 14 de março de 1911 e morreu em 14 de março de 2005, por isso, além de seu 101º aniversário, a data de hoje marca também os sete anos de sua morte.

Carreira de Akira Yoshizawa

Yoshizawa transformou a arte de fazer origami em um ofício. Foram mais de 50.000 modelos construídos, sendo que boa parte deles foram diagramados em seus 18 livros publicados. Ao longo de sua carreira, o artista atuou ainda como embaixador cultural internacional para o Japão, seu país de origem. No ano de 1983, ele recebeu uma das grandes honrarias que são dadas a um cidadão japonês ao ser nomeado para a Ordem do Sol Nascente pelo imperador japonês Hirohito.

Yoshizawa nasceu em Kaminokawa e ainda durante a infância aprendeu a fazer origamis por conta própria. Aos 20 anos, sua paixão pelas dobraduras ganhou força, pois ao ser promovido para relator de parecer técnico, sua nova função era ensinar geometria aos funcionários e para isso ele utilizava a arte do origami para entender e avisar sobre os problemas geométricos.

Aos 26 anos, Yoshizawa deixou o emprego para se dedicar integralmente ao origami.Durante 20 anos ele viveu em total pobreza, ganhando a vida vendendo tsukudani, um condimento japonês. Em 1944, seu trabalho com dobraduras foi reconhecido e incluído no livro Origami Shuko. Com o passar dos anos, sua obra ficou cada vez mais reconhecida e em 1954, o artista publicou a sua primeira monografia, Atarashi Origami Geijutsu, onde estabeleceu o padrão das dobras de origami que é adotado para a grande parte dos dobradores. Ao longo da carreira realizou diversas exposições de seus trabalhos.

Yoshizawa faleceu no seu aniversário de 94 anos, na cidade de Itabashi Ward, devido a complicações em decorrência de uma pneumonia.