Publicado em: quinta-feira, 12/04/2012

Ahmed Ben Bella, primeiro presidente da Argélia, morre

Nesta quarta-feira (12), o primeiro presidente da Argélia, Ahmed Ben Bella, faleceu aos 96 anos. Ahmed Ben Bella foi o herói da luta pela independência do país e, de acordo com informações transmitidas pela agência estatal de notícias da Argélia, ele estava sofrendo com uma doença, que não foi identificada.

Ahmed Ben Bella era filho de camponeses e foi criado próximo a fronteira com o Marrocos. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele foi um soldado condecorado do Exército da França. Depois da Guerra, Ben Bella entrou para o movimento proscrito que lutava pela independência da Argélia. Isso fez com que o então soltado passasse muitos anos nas prisões francesas.

Primeiro presidente

Depois que a França desistiu de seu controle sobre a Argélia, no ano de 1962, Ben Bella se tornou o primeiro presidente do país independente. Neste período, ele nacionalizou a indústria e se tornou, de acordo com a publicação da agência Reuters, “um paladino do anticolonialismo no Terceiro Mundo”. No entanto, faltava para ele o peso da política que era preciso para construir um novo país.

Depois de três anos, Ben Bella foi deposto de seu cargo por Houari Boumediene, que fazia parte da ala militar do movimento que culminou na independência do país. Este acontecimento provocou um padrão de influência militar na política argelina desde então. Be, Bella passou vários anos exilado ou preso e só retorno ao país em 1999, depois da eleição do atual presidente Abdelaziz Bouteflika.