Publicado em: terça-feira, 19/11/2013

Água sanitária pode ser a salvação para quem possui doenças dermatológicas

Água sanitária pode ser a salvação para quem possui doenças dermatológicasDe acordo com especialistas, a água sanitária dissolvida poderia curar dermatites originadas por radioterapia, sem contar gangrena e feridas. Os observadores, todavia, advertiram aos doentes que não coloque o item inteiramente sobre a pele. Também não foram realizados exames em humanos.

Os pesquisadores ressalvaram que a água sanitária ainda poderia intrometer no sistema imunológico da pessoa. Duchas com até 0,005% do conteúdo já podem ser empregados para a cura de eczemas, porém ainda há dúvidas sobre se o método é completamente eficiente.

Análises iniciais em células da pele despontaram que porções reduzidas de água sanitária poderiam impedir a substância química que estimula o retorno inflamatório do sistema imunológico.

Nos ensaios efetuados com ratos, as duchas com a substância obtiveram diminuição no estrago originado pela exibição à radiação. A radioterapia, tratamento usual em enfermos com câncer, extingue o tumor, no entanto também pode permitir de manchas na pele a queimaduras.

Para o dermatologista Thomas Leung ainda há muito que descobrir sobre os benefícios da água sanitária em doenças na pele, contudo, afirma que o produto pode ser usado em casos de úlceras decorrentes do diabetes ou mesmo necroses.

Outros testes em ratos antigos também mostraram que a água sanitária poderia reverdecer a pele. Depois de quinze dias de imersões do item, os animais produziram uma pele mais espessa e despontaram sintomas de que estavam desenvolvendo mais células da pele.

Graham Johnston, da Associação Britânica de Dermatologistas, afirmou que as dificuldades de infecção na pele são muito comuns. Disse que as duchas de água sanitária dissolvida não fazem parte da prática do Reino Unido, porém abrem probabilidade de novos tratamentos em um futuro próximo.