Publicado em: quarta-feira, 04/04/2012

Agora é Tarde: humoristas são expulsos da bancada após barraco

Não adiantou a tentativa de Danilo Gentili de esclarecer a discussão entre os apresentadores Marcelo Mansfield e Léo Lins, afirmando que tudo não passaria de uma brincadeira de 1º de abril. O barraco entre os dois rende boas especulações na imprensa online, onde o castigo pela briga ocorrida ao vivo na bancada do programa seria a expulsão dos dois, sendo deslocados para as reportagens de rua.

O humorista Léo Lins tentou explicar que a ideia da brincadeira surgiu mesmo das mudanças que já estavam previstas no programa, que era a saída dos dois humoristas da bancada. Então veio a proposta de criar uma briga, onde os telespectadores ficassem pensando que a mudança seria um castigo pela discussão.

Léo Lins ainda explicou que tanto ele, quanto Murilo Couto, estavam interessados em ter mais tempo para realizar matérias nas ruas, o que resulta naturalmente em menos tempo para atuar na bancada.

Lins explicou que eles já haviam conversado se estaria compensando permanecer na bancada o tempo todo, ou apenas participar de quadros específicos, como a Mesa Vermelha. As alterações já devem valer a partir de hoje (4).

Marcelo Mansfield, o outro humorista que se envolveu na discussão, explicou que tudo se resume mais uma mudança de cenário, já que quem foi expulso mesmo foi a própria bancada.

A briga

No programa da última terça feira, os participantes do “Agora é Tarde” comentaram sobre a brincadeira. Isso porque muita gente acha que a justificativa que foi dada posteriormente, esclarecendo que tudo seria uma piada, seria apenas uma enganação, para acobertar a briga real.