Publicado em: quinta-feira, 06/03/2014

Agora é Tarde estreia sem novidades com Rafinha Bastos no comando

Estreia sem novidades com Rafinha Bastos no comando do Agora é TardeO apresentador saiu da casa, mas o programa continua com o mesmo pique. Parece que foi esta a proposta da nova temporada do talk show da TV Bandeirantes, Agora é Tarde, que estreou na última quarta feira sob o comando do humorista e apresentador Rafinha Bastos. Para o público que esperava mudanças e novidades com a alteração do apresentador, a resposta foi decepcionante, já que a única novidade mesmo foi o cenário e a substituição do elenco que debandou para o SBT no final do ano passado.

O programa, que antes era apresentado por Danilo Gentili, não mudou quase nada. A maioria dos quadros que já existiam foram reaproveitados, ou minimamente adaptados com outras atrações. Além disso, uma nova banda assume o posto antes ocupado por Ultraje a Rigor. A diferença é que agora a banda está colocada em outro ponto do palco e ocorre a participação de um humorista da nova geração. Até mesmo o cenário ainda lembra muito o anterior.

Rafinha Bastos começou já com graça, agradecendo a seu antecessor por ter ido comandar um programa parecido em outra emissora, obrigando desta forma que a Band desse a ele uma chance. Durante a abertura, onde é feito um tradicional stand up, Rafinha chegou a fazer piada com seu próprio humor sem medida, responsável por ter ocasionado sua saída da emissora e do CQC em 2011. Ele brincou que agora seria o responsável por comandar a atração, até que dissesse alguma nova bobagem.

Luan Santana foi o convidado da noite de estreia. A escolha não caiu bem para o público, já que o cantor é mesmo conhecido por raramente afirmar qualquer coisa de original. Apesar disso, um ícone da música sertaneja rendeu alguns pontos extras de ibope para a emissora. Rafinha acabou ofuscado, já que não fez nenhuma pergunta difícil ou capciosa para o convidado. Isso pode ajudar para o processo de convencimento de outros artistas a participarem do programa, mas combinou pouco com o formato mantido até então por Danilo Gentili.