Publicado em: terça-feira, 26/08/2014

Aécio promete que se eleito, irá aumentar o valor do Bolsa Família

Aécio promete que se eleito, irá aumentar o valor do Bolsa FamíliaNo último sábado (23), o candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves (MG), lançou um pacote com 44 propostas que pretendem o desenvolvimento da Região Nordeste, entre eles o reajuste do benefício básico do Bolsa Família. O programa criado na época do governo Lula, atualmente é o carro-chefe da campanha da presidente Dilma Rousseff, o benefício básico teve seu valor reajustado em junho deste ano, ficando em R$ 77,00. Na época em que o governo anunciou o reajuste, Aécio criticou severamente que o valor básico não estava de acordo com o critério estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) determinando se uma pessoa está acima ou abaixo da linha de extrema pobreza.

A ONU acata o critério estabelecido pelo Banco Mundial no qual é considerado miserável quem vive com valor inferior a US$ 1,25 dólar por dia (R$ 85, de acordo com a cotação atual). Em um discurso, o presidenciável, garantiu que se for eleito, irá aumentar o benefício para que o valor mínimo seja pelo menos de US$ 1,25 diários por pessoa.

Plano Nordeste Forte

Aécio afirmou que o valor de US$ 1,25 per capita por dia é o valor mínimo que a ONU estabeleceu para que uma pessoa saia da linha da pobreza. Ele acredita que o mínimo que pode ser feito é manter esse valor e fazer valer o direito delas a dignidade à população. De acordo com o candidato, as propostas, que são chamadas de Plano Nordeste Forte, tem a intenção de trazer novas possibilidades para a que a região tenha o mesmo crescimento que em outros lugares, ressalta ainda que, a junção de ações deseja que a região possua os mesmos índices de desenvolvimento em relação ao resto do país. O candidato finalizou dizendo que a região não pode depender da boa ação dos políticos, mas ao contrário disso, deve avançar a partir das próprias potencialidades, que são diversas.