Publicado em: terça-feira, 15/05/2012

Adolescente suspeito no caso de Carolina Dieckmann é filho de advogado

Um dos suspeitos de chantagear a atriz Carolina Dieckmann para que esta não tivesse suas fotos íntimas publicadas na internet é um adolescente de 16 anos cujo pai é advogado em Bauru, São Paulo. As informações foram dadas pelo delegado Marcos Mourão em entrevista. Os policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) estiveram na cidade onde o menor reside, mas ele não foi encontrado.

O delegado Mourão afirma que agora é preciso esperar pelo posicionamento da polícia do Rio de Janeiro para continuarem com as investigações. O delegado disse apenas que o menor é filho de um advogado e que mais detalhes do caso, assim como as identidades, serão divulgadas somente depois que o adolescente prestar esclarecimentos.

Quantia exigida

Segundo as investigações, a atriz foi chantageada e os suspeitos exigiram uma quantia de R$ 10 mil para que suas fotos íntimas não fossem publicadas na internet. Diego Fernando Cruz, de 25 anos, também é um dos suspeitos. De acordo com a polícia, o rapaz foi o primeiro a colocas as imagens de Dieckmann na web.

O principal suspeito de ter roubado as imagens é Leonan Santos, de 20 anos, que teve seu nome citado em um depoimento de Diego Cruz. O jovem reside em Córrego Danta, em Minas Gerais, e já foi acusado e roubar dinheiro de contas em bancos. Seu computador já foi apreendido e fotos, vídeos e informações sobre o cartão de crédito da atriz foram encontrados.