Publicado em: quinta-feira, 08/03/2012

Ações europeias fecharam a quarta-feira em alta

As ações da zona do euro apresentaram recuperação ontem (7) e superaram os baixos níveis do último mês. Esse resultado se deve aos novos números divulgados nos EUA sobre o desemprego e também pela confiança de que o swap de títulos da Grécia será bem sucedido. O FTSEurofirst 300, indicador responsável por reunir as principais ações dos países europeus, terminou o dia em alta de 0,60%, totalizando 1.058 pontos. O Euro STOXX 50, que soma as blue-chips européias, subiu 0,71%, alcançando 2.460,77 pontos.

Ontem, bancos e fundos perderam valor no swap de títulos da Grécia apresentado aos credores. Essa novidade fez com que melhorasse as estimativas de que o projeto vá em frente e proporcione o resgate de cerca de 180 bilhões. Alguns analistas acreditam que a Grécia tem potencial para conseguir diminuir a dívida dentro do prazo que termina na próxima quinta-feira. Com essa expectativa positiva em relação à recuperação da Grécia, a procura por ações foi reativada nos investidores, principalmente para adquirir petróleo e ouro. Essa mudança deixou na sombra os títulos dos governos dos EUA e Alemanha que são tão procurados.

Outro fator que contribuiu para melhorar a confiança dos investidores foi a divulgação de novos dados americanos, mostrando que houve maior criação de postos de trabalho nos Estados Unidos do que se previa. Essa melhora no cenário americano mostra que a maior potência economia mundial volta a ganhar destaque.

Embora fatores positivos tenham contribuído para melhorar o ambiente econômico mundial, uma queda nas compras das fábricas alemães no mês de janeiro reforçou a idéia de que a Europa possa entrar em recessão, caso termine esse trimestre em baixa. No entanto as bolsas ainda apresentaram alta. Na capital britânica, o Financial Times terminou o dia com alta de 0,44%. Em Frankfurt, o DAX valorizou 0,57%. Em Paris, o CAC-40 subiu 0,89%. Em Milão, o Ftse/Mib teve aumento de 1,11%. Em Lisboa, o indicador PSI20 fechou o dia com alta de 0,87%. O único que fechou em baixa foi o índice Ibex-35, de Madri, que perdeu 0,06%.