Publicado em: quinta-feira, 03/05/2012

Acervo de 12 anos de trabalho de Laerte é roubado

Um acervo com 12 anos de trabalho feitos pelo cartunista Laerte Coutinho foi roubado da residência dele durante a madrugada de terça-feira (1). Os desenhos diziam respeito a trabalhos feitos pelo artista desde o ano 2000 e estavam armazenados em dois computadores, além de um disco rígido externo.

Laerte explica eu trabalha em sua própria casa e que sempre começa o trabalho no papel, porém depois coloca cor e faz a finalização no computador. Ele afirma que possui cópias de alguns destes desenhos em CD, contudo boa parte deles está ilegível. O cartunista se diz “aflito” para conseguir recuperar sua produção. Ele lamenta dizendo que mesmo se conseguir alguma coisa nos arquivos de jornais e ou outras publicações, as imagens das tiras estarão em baixa resolução.

O roubo aconteceu por volta das 5h do feriado de 1º de Maio, segundo os relatos dos vizinhos. Laerte reside em uma casa localizada no bairro do Rio Pequeno, zona oeste da capital paulista. O local fica perto da Cidade Universitária da USP. Segundo as informações que foram passadas para a polícia, a casa inteira do artista foi vasculhada. Os assaltantes reviraram ainda os arquivos físicos de documentos que encontraram pelo local. Os criminosos levaram também um aparelho de DVD e até botijões de gás.

Laerte estava em uma viagem a Minas Gerais, e por isso não havia ninguém em casa. Ele conta ainda que casos parecidos já aconteceram na vizinhança. As delegacias do Jaguaré e do Butantã, que ficam na região da casa do cartunista, fizeram o registro de 21 roubos a residências nos três primeiros meses deste ano.