Publicado em: sábado, 02/06/2012

4G brasileiro já tem mais de 20 empresas atrás

A Vivo, Tim, Oi e Claro, as grandes operadoras de telefonia do Brasil, estão todas aguardando o leilão para a linha de telefonia 4G, de quarta geração, de acordo com o que acreditam os especialistas.

Apesar de apenas a Tim e a Oi confirmarem oficialmente, todas elas solicitaram o edital do leilão, que irá disputar a compra da faixa de 2,5 Ghz, para a quarta geração, e também da faixa com 450 MHz, que se destina a banda larga móvel para área rural. Através de comunicados de suas assessorias, Nextel, Claro e Vivo declararam apenas que permanecem analisando o conteúdo do edital.

No próximo dia 05, terça feira, as propostas serão entregues em Brasília. O debate do leilão está agendado para o dia doze de junho. Até ontem, sexta feira (01), mais de vinte empresas já haviam retirado um edital, incluindo escritórios de advocacia e operadoras de telefonia.

Empresas

As informações são da Agência Estado. A lista aponta: Vivo, Transit do Brasil, Tim, Telemar Norte Leste (Oi), CTBC Multimidia Data Net, CTBC Celular, Copel Telecomunicações, Claro, Cia Telecomunicações do Brasil Central (CTBC) e Americel. A expectativa é que a Sunrise, companhia de TV paga, também integre a disputa. Ela recebeu na sexta uma anuência prévia da Anatel.

De acordo com Eduardo Tude, presidente de uma consultoria especializada em telecomunicações, os quatro lotes nacionais para as subfaixas provavelmente serão adquiridos pelas grandes empresas, enquanto que os lotes que estão divididos em sessenta e sete áreas de DDD correm o risco de não serem todos vendidos, mas a maioria adquirida pela Sky e Sunrise.

Mas segundo acredita o analista, de uma maneira geral, todas as operadores estão com disposição para investir, considerando que este leilão pode ser um dos últimos nos próximos anos.